28/12/2012


Santa Casa de Buritama realiza festa de aniversário para funcionários

Funcionários do hospital de Buritama participaram de festa para comemorar os aniversários de dezembro. A comemoração aconteceu na sexta-feira, 28, no refeitório da entidade. Foi servido cachorro-quente produzido pelo setor de SND (Setor de Nutrição e Dietética), além de refrigerantes e bolo doado pela panificadora Avenida. A comemoração acontece mensalmente dentro da entidade com o objetivo de auxiliar na integração entre colaboradores, fortalecer o vínculo afetivo e a autoestima.

Festa para comemorar os aniversários encerra 2012 com muita alegria

Lista de aniversariantes

04/12 - Maria Aparecida da Silva Santos
07/12 - Maria José dos Santos Pessoa
09/12 - Dulcemeire Lopes de Souza
14/12 - Alberto Prates de Oliveira
19/12 - Cleuza Aparecida dos Nascimento Cardoso
22/12 - José Roberto de Souza
25/12 - Emilia Vitória dos Santos
30/12 - Nilton Candido de Souza

27/12/2012


Papai Noel visita Santa Casa de Buritama

Ninguém espera passar o natal dentro de um hospital, mas quando isso não pode ser previsto ou evitado, a alternativa é se recuperar e seguinte em frente. Para animar a Santa Casa, o Papai Noel visitou o hospital e animou a noite da única criança internada na pediatria.
A figura do bom velhinho ainda é unanimidade entre as crianças que aguardam ansiosos a comemoração. De acordo com a enfermeira Claudia Regina de Oliveira Moutinho, ao saber do desejo, procurou atender ao pedido da paciente que, segundo ela, disse que o Papai Noel visitaria sua casa, mas não lhe encontraria.
“Ao saber disso conseguimos o nosso Papai Noel para celebrar dentro do hospital a noite de natal”, ao afirmar que as boas emoções ajudam na recuperação do paciente. “Sem perder o espírito natalino é possível fazer o bem as pessoas da microrregião de Buritama”, finaliza a enfermeira.

Mesmo internada, criança recebeu a visita do Papai Noel

26/12/2012


Santa Casa de Buritama adere ao movimento Tabela SUS, Reajuste já

Por causa da crise que várias Santas Casas do Estado de São Paulo estão passando, os hospitais se organizaram para criar o movimento “Tabela SUS, Reajuste Já”. A adesão conta com mais de 80 entidades, inclusive Mato Grosso, Minas Gerais e Ceará, a fim de reivindicar providências aos governos estadual e federal. O movimento teme a falência dos hospitais.
Responsáveis por 57% dos atendimentos da saúde pública no Brasil, as entidades beneficentes sofrem com uma tabela de repasses defasada e com o endividamento. Deputados estaduais e federais também participam do movimento para cobrar providências governamentais.

Entidades filantrópicas buscam reivindicar mais financiamento público para não parar atendimento à saúde

A campanha foi articulada em setembro na cidade de Votuporanga durante reunião com um grupo de representantes dos hospitais paulistas para discutir meios de evitar a falência das instituições por causa da defasagem da tabela SUS (Sistema Único de Saúde). A cada R$ 100 gastos pelos hospitais em média, o poder público repassa R$ 60, o que gera uma dívida crônica para as entidades de saúde.
Depois da ação conjunta promovida no dia 10 de setembro, entre os hospitais filantrópicos, conhecido como o dia da cor preta, o movimento realizou no dia 26 de novembro, assembleia que contou com a participação de mais de 200 representantes da saúde.

APROVAÇÃO
A “Carta de Votuporanga”, discutida e aprovada em plenária, enfoca o reajuste de 100% sobre os cem procedimentos de média e baixa complexidade e a anistia das dívidas relacionadas a tributos e contribuições, bem como a reestruturação do endividamento bancário dos hospitais.
Para conseguir agregar e envolver o maior número de apoiadores, o movimento criou no Facebook uma página para disseminar as ideias da campanha. Acesse, conheça e espalhe: www.facebook.com/tabelasusreajusteja.






19/12/2012


 Santa Casa de Buritama lança novo site informativo
  
A Santa Casa de Misericórdia São Francisco lançou na última semana o novo site do hospital, ferramenta de divulgação de notícias, balanços, entrevistas, vídeos informativos, fotos dos recém-nascidos e álbuns dos eventos. Os internautas conseguem acessar também todas as edições do boletim informativo.
A novidade é a inserção nas redes sociais. O hospital conta com sua página no facebook para divulgar e interagir com a tecnologia. O endereço do site é www.santacasaburitama.org, onde você pode acessar notícias atualizadas durante o dia. A antiga página passou por reformulação e acompanha os avanços tecnológicos de interação e velocidade. O meio eletrônico renasce com mais espaço para a sua participação.
O novo visual do site do hospital oferece mais dinamismo, sem perder o acesso a informação

O público pode deixar mensagens para os familiares na seção “Berçário Virtual”, e buscar solucionar problemas nos quatros Fale Conosco e Ouvidoria. O site se inovou para ter a presença dos internautas. “O site só também será uma ferramenta de aproximação com o público. Espaço para isso é o que não falta na internet”, diz o assessor de comunicação Silvio Cesar dos Santos.
“Elaborado para facilitar a navegação do usuário, o canal tem menus simplificados e oferece múltiplas formas de acesso e busca por informações”, explica o administrador Gevanildo Vieira Dias.
Para gestor de Tecnologia de Informação, Alberto Prates de Oliveira, o site é de fácil navegação. “Os usuários terão facilidade para acessar as informações, a página na web oferece informações institucionais, notícias e ainda interação com as redes sociais para que o público possa interagir com a Santa Casa”, disse.




18/12/2012


Voluntários realizam campanha de alimentos para Santa Casa de Buritama

Para ampliar a alimentação dos pacientes, o hospital de Buritama realiza campanha de arrecadação nos supermercados desde 2009. Em dezembro, o valor arrecadado em produtos foi de R$ 2.122,16 - inferior a outubro deste ano, que atingiu aproximadamente R$ 2,6 mil em alimentos.
Os produtos doados serão preparados pelas cozinheiras para pacientes e acompanhantes. A campanha acontece a cada dois meses, com intuito de oferecer seis refeições diárias como café da manhã, lanche da manhã, almoço, café da tarde, jantar e ceia noturna.
A nutricionista e coordenadora da campanha, Delma Dilmara dos Santos Figueiredo, explicou que a melhora na alimentação dentro do hospital deve-se a solidariedade da população. Com as doações, pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), acompanhantes, convênios e particular recebem o mesmo cardápio.  O ponto positivo é a participação efetiva do grupo de voluntários que acreditam no trabalho da Santa Casa e se sentem satisfeitos em fazer o bem ao próximo.

A arrecadação alcançou as metas por causa da colaboração e participação dos voluntários na campanha

“Precisamos de mais voluntários para atingir todos os estabelecimentos comerciais e melhorar a alimentação dos pacientes e acompanhantes. Cada produto doado, a entidade economiza e os doentes podem contar com uma alimentação mais nutritiva e saudável”, comenta.
Por outro lado, a nutricionista ressaltou a importância dos voluntários que acreditam na campanha. “Sem eles não seria possível atingir nossas metas e realizar todas as arrecadações. Todos abdicam do descanso no domingo para trabalhar em prol da solidariedade”, explica. Figueiredo agradeceu também as doações de leite, bolo (doado para os aniversariantes de cada mês), verdureiros e frutaria. Com estes produtos, o Setor de Nutrição e Dietética economizou R$ 23.575,57 em 2012 para a entidade.
Os interessados em fazer parte da equipe de voluntários da Santa Casa devem entrar em contato pelo telefone (18) 3691-1374, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h, e falar com a nutricionista da Santa Casa.

















nutricionista da Santa Casa.

11/12/2012


Funcionários da Santa Casa realizam confraternização de final de ano

Antes de encerrar 2012, os funcionários Rogério Manzale, Érika Aparecida de Almeida, Delma Dilmara dos Santos Figueiredo e Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, organizaram a festa de confraternização da Santa Casa de Buritama.
A antiga lanchonete do Romildo recebeu no sábado, 8, funcionários e familiares para a comemoração do Natal e Réveillon. Comida, bebida e música foram os ingredientes principais para celebrar o advento de 2013. Cerca de 100 pessoas prestigiaram a festa.
Segundo o provedor Sebastião Ângelo Cintra, o objetivo da festa é integrar os funcionários por meio de encontros que promovam a descontração. “A realização da festa de confraternização para a Santa Casa é um evento institucional marcante e aproxima os setores que trabalham pela saúde da microrregião de Buritama”, explica.

A chegada de 2013 foi em meio à comida farta, bebida para matar o calor e muita animação

Para a enfermeira Érika Aparecida de Almeida, a festa é um sinal de comemoração por todo o trabalho desenvolvido dentro do hospital durante o ano. “A confraternização serve para aproximar de forma informal e descontraída a entidade de seus funcionários e familiares, bem como aproximar os funcionários entre si", disse.
Conforme o técnico em radiologia, Rogério Manzale, que também participou da organização da festa, a noite foi animada e proporcionou momentos de integração e descontração entre os funcionários. “Mesmo com pouco de tempo de organização, conseguimos preparar a confraternização que satisfez a todos, sem contar a animação durante todo o evento”, finaliza.






Santa Casa de Buritama encerra ano com palestra sobre Direitos Humanos

Os direitos humanos são baseados no princípio de respeito em relação ao individuo. Cada pessoa é um ser moral e racional que merece ser tratado com dignidade. Conceito discutido no encerramento do projeto de educação continuada, em 2012, ministrado pela secretária municipal de Participação Cidadã, Fernanda Balsalobre. A palestra aconteceu na segunda-feira, 6, no anfiteatro do hospital.
A ação oferece mensalmente curso de capacitação na área para funcionários da entidade desde 2010. O evento é gratuito e busca a valorização dos funcionários da área por meio de discussão de temas para a melhoria dos serviços prestados à população.
As palestras buscam oferecer informação e atualizar os profissionais.  A meta é qualificar para que o profissional tenha mais aceitação no mercado de trabalho e consiga ter acesso a novos tratamentos e avanços da medicina.

Depois de 12 palestras, projeto de educação continuada encerra 
as atividades com informação e responsabilidade social

Para a enfermeira da Santa Casa, Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, o projeto de educação continuada é uma oportunidade para atualizar os profissionais do hospital. “Ao incentivar o aprendizado, os funcionários se sentem mais preparado para desempenhar suas funções diárias no hospital”, ao afirmar que a adesão ainda é baixa.
Segundo ela, a meta é oferecer informações atuais e disponibilizar gratuitamente o acesso a outros profissionais. “É importante conhecermos outras realidades na busca pela excelência profissional”. O provedor Sebastião Ângelo Cintra complementou a informação da enfermeira: “Para atender com qualidade os pacientes da microrregião de Buritama é preciso fomentar capital humano, mas, é necessário que os funcionários também participem do projeto de educação continuada”, finaliza.
O projeto educacional conta com a organização da Semana de Enfermagem promovida em maio em comemoração ao Dia do Enfermeiro. Mais informações, o interessado deve entrar em contato pelo telefone (18) 3691-9535 ou na Santa Casa, na rua Guilherme Guerbas, 353, centro.

07/12/2012


Santa Casa de Buritama alerta para os cuidados com a alimentação nas festas de final de ano

Natal e Réveillon são datas aguardadas, seja pelos estabelecimentos comercias ou para as famílias. A rotina muda com a organização das confraternizações no trabalho, entre amigos e nas casas. Sem contar os banquetes organizados e os sabores incontestáveis do peru, cheddar, churrasco e bebidas alcoólicas. São esquecidos os pratos saudáveis como legumes e saladas.
É possível, com moderação e algumas adaptações, manter uma alimentação saudável durante as festa de final de ano. Apesar das comidas mais gordurosas, das bebidas alcoólicas, o que as pessoas menos querem nesta época do ano é engordar. Tudo para manter o corpo e a saúde em dia para o verão.

Para não deixar de comemorar as datas festivas, as pessoas devem tomar cuidado com a qualidade da alimentação consumida no final de ano

Uma alimentação balanceada é essencial para que os momentos de festa e descontração não comprometam a saúde e a qualidade de vida. De acordo com a nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo, a primeira orientação é nunca chegar aos eventos de estômago vazio. “Frituras devem ser evitadas, uma vez que são muito calóricas e podem dificultar a circulação, aumentando os níveis de colesterol”, disse.
Segundo orientações da Secretaria de Saúde do Estado de Paulo, uma das opções para estes encontros é saborear petiscos elaborados de palitinhos de vegetais (cenoura, erva-doce, pepino), bruschetas de tomate com manjericão, tremoço ou tomates cereja. “É importante evitar o exagero de bebidas e antes de sair para as confraternizações, procurar consumir um lanche saudável”, explica a nutricionista.
Para manter-se sóbrio e não prejudicar a saúde é preciso diminuir o consumo e melhorar a hidratação. A dica é usar copos pequenos (isso ajuda a manter a bebida gelada também) e sempre alternar um copo da bebida com um copo grande de água.

04/12/2012


Combater a dengue é uma obrigação cívica de todos, diz Santa Casa de Buritama

Todo ano é a mesma história quando o verão chega acompanhado da chuva. As informações são óbvias e passam a ser repetitivas. Aparenta ser banal como eliminar de sua casa ou local de trabalho a água acumulada em calhas, ralos, pratos de vasos de plantas ou pneus e manter a caixa de água bem fechada.
São nestes locais que moram o perigo para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue. O padrão da OMS (Organização Mundial da Saúde) considera que acima de 1% a situação passa a ser preocupante e requer medidas adicionais de controle de focos do mosquito, transmissor da doença.
É simplesmente inócuo um cidadão fazer a sua parte dentro de casa, sozinho, enquanto o vizinho emporcalha seu terreno do outro lado do muro. Aquele que faz sua parte tem todo o direito de denunciar e cobrar providências das autoridades da saúde pública e exigir medidas rápidas e eficientes para eliminar os criadouros da dengue.

O enfrentamento é, acima de tudo, uma ação que exige conscientização coletiva e integrada entre todos os setores da sociedade

De acordo com o provedor Sebastião Ângelo Cintra, não se pode desconsiderar a importância de tarefas tão simples que fazem a diferença entre viver e morrer. “O que começa com uma enxaqueca pode se agravar ao ponto de levar o paciente à morte”, ao afirmar que o momento é reforçar a mobilização para dar combate às políticas de saúde pública.
Segundo a enfermeira da Santa Casa de Buritama, Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, a prevenção é a melhor forma de combater a dengue. “É durante o período de estiagem que a população não se preocupa com o mosquito, mas é preciso estar sempre alerta para evitar surpresas indesejáveis como a dengue”, explica.
Nascimento informou que se a pessoa tiver febre, com dois ou mais sintomas como dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores no corpo, manchas vermelhas pelo corpo ou outros, pode ser dengue. “Em caso de suspeita procure imediatamente o serviço de saúde. A dengue é uma doença grave e pode matar”, diz.



29/11/2012


Festa de aniversário faz a alegria de funcionários da Santa Casa

Os aniversariantes de novembro comemoraram na quinta-feira, 29, aniversário na Santa Casa de Buritama. O projeto GTH (Grupo de Trabalho de Integração) é desenvolvido desde 2009, com o objetivo de aproximar os profissionais de cada setor, como forma de fortalecer o vínculo afetivo e criar novas amizades dentro da entidade.
“A comemoração é muito importante porque oferece momento de descontração, ajuda na integração dos funcionários e valoriza os colegas de trabalho”, explica a nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo.

Confraternização mensal entre funcionários na Santa Casa de Buritama

Ela também comentou que a comemoração proporciona um pouco de descanso aos funcionários durante a festa de aniversário. “É muito bom ser lembrado e homenageado pelos colegas de trabalho”, afirma.
Os participantes saborearam salgado e bolo preparado pelo setor SND (Setor de Nutrição e Dietética), além de refrigerante.

Lista de aniversariantes

05/11 - Vanderleia Martins Marques
16/11 - José Ferreira de Lacerda
17/11 - Sérgio Lemes da Silva Junior
17/11 - Maria Regina Soares
25/11 - Selma Henrique Risso

28/11/2012


Movimento Tabela SUS, reajuste já promoveu reunião em Votuporanga

A palavra crise assombra as santas casas do Estado de São Paulo e acentuam as dificuldades financeiras dos hospitais. O aumento das dívidas impede que haja investimentos em infraestrutura e profissional. O município de Votuporanga sediou na segunda-feira, 26, assembleia para discutir a defasagem da tabela SUS (Sistema Único de Saúde).
O encontro teve por objetivo definir um plano de ações para as próximas etapas. Representantes de instituições, autoridades da saúde e deputados estaduais e federais que têm propostas e projetos na área participaram do encontro. Os envolvidos se manifestassem e endossaram uma carta com as reivindicações propostas pela campanha.
 Estiveram reunidos representantes de hospitais que somam aproximadamente 13 mil leitos e prestam assistência a quase 32 milhões de pessoas em diversos estados. O posicionamento dos participantes foi bastante focado na agonia das entidades que sofrem com a remuneração do Sistema Único de Saúde.

Profissionais se reúnem para discutir reajuste de tabela; 
aproximadamente 200 representantes participaram do movimento

Segundo a organização, participaram 200 representantes de santas casas e hospitais filantrópicos espalhados pelo país. Essa é a segunda reunião entre os apoiadores do movimento. A primeira foi em setembro. Readequar os valores da tabela SUS com o mercado é uma das lutas do grupo.
Para o provedor de Buritama, Sebastião Ângelo Cintra, para manter a porta da Santa Casa do município aberta é preciso cobrir a diferença, o que torna o trabalho difícil. “Com a adesão dos hospitais, a luta agora é cobrar mais atenção as nossas entidades que representam 57% dos atendimentos da saúde pública no Brasil”, diz. Os manifestantes informaram que não a reajuste há seis anos e o atendimento está mais de 100% acima da meta estabelecida pelo Sistema Único de Saúde. “Isso tem provocado o estrangulamento e o cancelamento de atendimentos em hospitais”, afirma Cintra.

APROVAÇÃO
A “Carta de Votuporanga”, discutida e aprovada em plenária, enfoca o reajuste de 100% sobre os cem procedimentos de média e baixa complexidade e a anistia das dívidas relacionadas a tributos e a reestruturação do endividamento bancário dos hospitais.
Outra definição é o ato público em Brasília, no dia 12 de dezembro, as santas casas e hospitais filantrópicos decidirão sobre uma possível paralisação dos atendimentos. Isto significa que as instituições passariam a atender apenas aos serviços de urgência e emergência.


23/11/2012


Santa Casa de Buritama alerta para doação de sangue

Pelo calendário, celebramos no domingo, dia 25, o Dia Nacional do Doador de Sangue. A conscientização é a melhor arma para combater e evitar o baixo estoque nos bancos de sangue.
Cirurgias de alta complexidade, que demandam ampla reposição de sangue, e tratamentos de radio ou quimioterapia, que podem afetar a produção do líquido, são situações comuns no cotidiano de um hospital e exigem que os Bancos de Sangue sejam constantemente abastecidos para suprir as necessidades dos pacientes.
Para doar sangue é preciso estar em boas condições de saúde, alimentado, ter entre 16 e 67 anos, pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto. É recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ter ingerido bebidas alcoólicas 12 horas antes.
Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apto à doação.

Doar sangue é um excelente presente para o natal e festas de final de ano

O doador também é beneficiado, pois ao fazer a doação, tem seu sangue criteriosamente avaliado por uma equipe especializada. Em até 30 dias, recebe informações relevantes como a tipagem sanguínea e resultados dos testes de Hepatites B e C, HIV, doença de chagas, sífilis, entre outras. Caso apresente algum resultado positivo, pode iniciar imediatamente o tratamento contra a doença.

* Imagem divulgada no site www.jornalpontoinicial.com.br

22/11/2012


Santa Casa de Buritama alerta para a prevenção do câncer de próstata

Quando o assunto é câncer de próstata, a questão cultural interfere na saúde do homem. As palavras “toque retal” causam alvoroço na classe masculina. A frase defendida por muitos homens é a seguinte “vou perder a masculinidade”. Ao contrário do que se pensa, o toque pode garantir um diagnóstico precoce da doença.
Dados do Centro de Referência em Saúde do Homem do Estado de São Paulo evidencia que cerca de 20% dos homens se recusam a passar pelo exame retal. O percentual de homens que deixam de se submeter ao procedimento é alto e preocupante. "A gente sabe que o câncer de próstata é o mais comum que afeta os homens", disse o coordenador do centro de urologia, Cláudio Murta. Informações divulgadas na Folha da Região.
Outra questão que mantém os homens distantes do consultório médico é o velho slogan “provedor da casa” - arraigado no passado, mas sem justificativa, atualmente, em jogo está a perda de um dia de serviço para uma consulta. A identificação da doença nos estágios iniciais facilita o tratamento e o torna menos invasivo. A partir dos 45 anos, todos os homens devem fazer uma bateria de exames.

Seguir quatro orientações pode garantir uma vida saudável: alimentação balanceada, realizar exercícios físicos, não fumar e procurar o médico anualmente

Para a enfermeira da Santa Casa de Buritama, Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, a conscientização é a melhor alternativa para combater o preconceito. “Não podemos aceitar que homens deixem de fazer o exame de toque retal por causa da masculinidade, o que está em jogo é a vida do paciente”, disse.
O Instituto Lado a lado pela Vida divulgou em seu site (www.umtoqueumdrible.com.br) entrevista exclusiva com o médico Anderson Arantes Silvestrini, oncologista clínico e presidente da SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica), o especialista esclareceu alguns aspectos importantes sobre o câncer de próstata.
Segundo Silvestrini, o exame de toque pode identificar aumento do tamanho da próstata, endurecimento ou mesmo lesões prostáticas como nódulos. Na entrevista, o médico disse que a chance de cura depende da extensão da doença. “Tumores localizados iniciais apresentam cura de mais de 90%, enquanto tumores mais avançados apresentam altas taxas de recidiva e metástase à distância”, dados divulgados no site Lado a Lado pela Vida.


19/11/2012


Santa Casa de Buritama recomenda o aleitamento materno

O leite materno é um alimento completo. Isso significa que, até os 6 meses, o bebê não precisa de nenhum outro alimento (chá, suco, água ou outro leite). O Ministério da Saúde informa que depois dos 6 meses, a amamentação deve ser complementada com outros alimentos. 
Segundo as recomendações, é bom que o bebê continue sendo amamentado até 2 anos ou mais. Quanto mais tempo o bebê mamar no peito, melhor para ele e para a mãe. A amamentação oferece inúmeros benefícios para a mãe e o bebê, conforme o Ministério da Saúde salientou nas orientações do programa de aleitamento materno.

A amamentação exclusiva até os 6 meses de idade e complementar até os 2 anos pode salvar vida

De acordo com a enfermeira da Santa Casa de Buritama, Patrícia Luiza Alves de Oliveira, não é possível questionar a importância do aleitamento materno. “Muitas mulheres acreditam que amamentar é algo instintivo, basta colocar a criança no peito para iniciar a alimentação. Apesar de ser um ato natural, no entanto, é importante as mães obterem informações para que o processo seja menos doloroso no caso de traumas nos seios como fissuras, dores e sangramento e que o bebê consiga mamar o suficiente para se sentir-se saciado”, disse.
O leite materno é considerado pela OMS como o alimento ideal para recém-nascidos e crianças pequenas. Ele é seguro e oferece ao bebê todos os nutrientes que precisa para um desenvolvimento saudável, além de conter anticorpos que protegem as crianças de doenças comuns na infância.

LEITE MATERNO

No caso da mãe, ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e anemia após o parto, reduz o risco de diabetes, reduz o peso mais rapidamente após o parto e diminuir o risco de câncer de mama e de ovário.
Para o recém-nascido, o leite materno tem tudo o que o bebê precisa até os 6 meses, inclusive água, e é de mais fácil digestão do que qualquer outro leite, porque foi feito para ele.

O leite humano oferece benefícios a mãe e ao bebê, por isso a importância da amamentação

Funciona como uma verdadeira vacina, protegendo a criança de muitas doenças, sugar o peito é um excelente exercício para o desenvolvimento da face da criança, ajuda a ter dentes bonitos, a desenvolver a fala e a ter uma boa respiração. Além disso, é limpo, está sempre pronto e quentinho.
“A falta de orientação e de apoio por parte de profissionais de saúde é uma das razões que levam mães a interromperem a amamentação poucas semanas após darem à luz. O leite humano garante benefícios ao bebê e a mãe e manter-se este ato natural da vida é garantia de saúde para ambos durante a amamentação”, finaliza a enfermeira da Santa Casa de Buritama, Patrícia Luiza Alves de Oliveira.

Imagens retiradas dos sites abaixo: 

www.dzai.com.br (primeira imagem)
www.amambainoticias.com.br (segunda imagem)



14/11/2012


Santa Casa de Buritama participa do movimento Tabela SUS, reajuste já!

O movimento “Tabela SUS, reajuste já!”, organizado pelas santas casas e hospitais filantrópicos do Estado de São Paulo cresce e ganha força em todo o Brasil. A mobilização acontece em prol da saúde e da remuneração das instituições filantrópicas que respondem por 45% das internações do SUS (Sistema Único de Saúde).
No dia 26 de novembro, em Votuporanga, às 9h, acontece reunião com 140 instituições para discutir o reajuste na remuneração dos procedimentos da Tabela SUS e a resolução das dívidas já constituídas pelas entidades.
O provedor Sebastião Ângelo Cintra explicou o objetivo do movimento. Segundo ele, a meta é contar com o maior número de parceiros para demonstrar união e representatividade para pleitear nova remuneração pelos serviços prestados e uma solução para o endividamento dos hospitais.
“O apoio da sociedade é de fundamental importância, já que as entidades atendem na sua maioria pacientes do SUS que não remuneram adequadamente os procedimentos”, disse. A campanha já ganhou adesão de entidades de Mato Grosso, Minas Gerais e Ceará.

A meta é ampliar as discussões para a busca de soluções sobre os 
graves problemas financeiros enfrentados pelo setor filantrópico

A remuneração da tabela SUS - não é ajustada há anos - e não é suficiente para suprir os custos de manutenção dos atendimentos prestados. A Carta do Interior é o símbolo da união entre as santas casas e hospitais filantrópicos. O documento elaborado em assembleia contou com a participação de aproximadamente 50 entidades participantes do movimento.
“Mais de 20 anos sem reajuste e as entidades têm que arrecadar fundos para sobreviver. Somos penalizados com este problema - o que prejudica os trabalhos diários das instituições filantrópicas. Já sentimos diariamente na pele as dificuldades para manter o atendimento em dia e com qualidade”, afirmou o provedor.
A presidente Dilma Roussef e o governador Geraldo Alckmin, de São Paulo, receberão a Carta do Interior anexada às cartas de anuência de todos os apoiadores da campanha, além de todo o material produzido sobre “Tabela SUS, reajuste já!”.
Para conseguir agregar e envolver o maior número de apoiadores, o movimento tem uma página no Facebook. A meta é disseminar a campanha, por meio dos “compartilhamentos” e das “curtidas” dos conteúdos. Acesse, conheça e espalhe: www.facebook.com/tabelasusreajusteja. Mais informações pelo telefone (17) 3405-9139 ou pelo e-mail comunicação@santacasavotuporanga.com.br.

13/11/2012


Santa Casa de Buritama promove palestra sobre cuidados ao recém-nascido

O projeto de educação Continuada oferece palestras e debates com o objetivo de qualificar e difundir conhecimentos em saúde. A ação oferece mensalmente curso de capacitação na área para funcionários da entidade desde 2010. O evento é gratuito e busca a valorização dos funcionários da área por meio de discussão de temas para a melhoria dos serviços prestados à população.
As palestras mensais promovidas pela Santa Casa de Buritama busca oferecer informação e atualizar os profissionais.  A meta é qualificar para que o profissional tenha mais aceitação no mercado de trabalho e consiga ter acesso a novos tratamentos e avanços da medicina.

Temas discutidos no hospital buscam ampliar conhecimentos dos funcionários
e melhorar no atendimento ao público

Na segunda-feira, 12, a especialista em enfermagem pediátrica e auditoria em saúde, além de docente da faculdade Unisalesiano, em Araçatuba, Andreza Bernard Marques Laurencio abordou o tema “Cuidados ao recém-nascido” para a equipe de saúde do hospital. Como a entidade conta com pediatria e realiza partos, o debate aprimora os profissionais durante o contato com o recém-nascido.
Para a enfermeira Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, o projeto de educação continuada é uma oportunidade para atualizar os profissionais do hospital. “Nossa intenção é oferecer o melhor serviço e atendimento de qualidade a população”, ao afirmar que as palestras e debates visam aperfeiçoar os profissionais de saúde da entidade. O projeto de formação conta com a organização da Semana de Enfermagem promovida em maio em comemoração ao Dia do Enfermeiro.
Mais informações, o interessado deve entrar em contato pelo telefone (18) 3691-9535 ou na Santa Casa, na rua Guilherme Guerbas, 353, centro.



09/11/2012


Movimento Tabela SUS, reajuste já promove encontro em Votuporanga

O movimento Tabela SUS, reajuste já! Organizado pelas santas casas e hospitais filantrópicos do Estado de São Paulo cresce e ganha força em todo o Brasil.
A mobilização acontece em prol da saúde e da remuneração digna das instituições filantrópicas que respondem por 45% das internações do SUS (Sistema Único de Saúde) e sofrem com a defasagem da tabela de procedimentos.

Movimento busca sensibilizar o governo estadual e federal por aumento de repasse ao SUS

No dia 26 de novembro, em Votuporanga, um novo encontro será realizado entre os participantes da campanha, lideranças e representantes de diversos setores da sociedade.
Para conhecer o movimento, navegue na fan Page da Tabela SUS. Participe, conheça e compartilhe a página no facebook e ajude a propagar a ideia em seu município.

08/11/2012


Santa Casa de Buritama divulga balanço do leilão de gado
  
A Santa Casa de Buritama promoveu no dia 29 de setembro, a 4º edição do tradicional leilão de gado, para angariar fundos ao hospital. Foram leiloados aproximadamente 80 novilhos, doados pelos pecuaristas e empresários da região. A entidade conseguiu arrecadar R$ 78.564,39, (valor total de receita e despesas) - a meta é investir em operações de custeio e melhorias a entidade.
Em relação a 2011, a edição ultrapassou o valor de R$ 75 mil do ano passado. O evento aconteceu no sítio localizado na estrada rural da Palmeirinha, em Buritama. Foi servido almoço organizado pela diretoria e colaboradores da Santa Casa.

O leilão do gado foi uma ação filantrópica para manter a entidade respirando na cidade

De acordo com o provedor Sebastião Ângelo Cintra, o hospital atende os usuários do SUS (Sistema Único de Saúde). Segundo ele, a responsabilidade é do poder público e as taxas de remuneração dos procedimentos disponibilizados são inferiores ao número de atendimento.
“Todo déficit operacional dos atendimentos é contabilizado como prejuízo do hospital e somente é amenizado com a contribuição da população”, ao afirmar que a colaboração é paliativa, diante das dívidas da entidade. “Agradecemos a todos os arrematadores, doares de gado e colaboradores do evento. Somente com a participação de todos conseguimos promover este evento em prol da solidariedade”, finaliza.









07/11/2012


Santa Casa de Buritama recebe doação de alimentos

O hospital de Buritama recebeu doação de alimentos do casal Wilson José Moreira e Helena Budaibes Moreira. Os alimentos foram presentes de aniversário de 80 anos da moradora Helena, da Fazenda Regis, em Zacarias. Segundo a família, ao invés de roupas, perfumes ou sapatos, a aniversariante solicitou alimentos, tendo como resultado o abastecimento da despensa da cozinha e a economia em supermercado pela entidade.
A nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo avaliou com sucesso a iniciativa do casal. “Graças ao comprometimento e conscientização, ainda é possível encontrar pessoas solidárias que se preocupam com o próximo e, principalmente, com a Santa Casa”, ao afirmar que a doação será incorporada nas seis refeições diárias distribuídas aos pacientes e acompanhantes da entidade.

A solidariedade das pessoas fortalece o espírito filantrópico da entidade 
e beneficia os pacientes internados no hospital

Constam na doação os seguintes produtos: arroz, feijão, farinha, óleo, molho de tomate, leite, macarrão, fósforo, farinha de trigo, fubá, bolacha, café, sal, entre outros produtos doados. “Os alimentos serão contabilizados e dispensados para cozinha - o que beneficiará moradores da microrregião de Buritama”, disse.
Para o provedor Sebastião Ângelo Cintra, a doação mostra a importância da solidariedade das pessoas. “O gesto deve ser valorizado, não somente pela doação, mas por abdicar de presentes no aniversário, para ajudar pessoas que jamais conhecerá - isso é demonstração de amor e desprendimento de bens materiais. O Hospital agradece a doação e se sensibiliza com a doação de alimentos”, finaliza.




01/11/2012


Santa Casa de Buritama alerta para doação de sangue antes dos feriados de novembro

O sangue é um dos bens mais preciosos na hora de uma transfusão cirúrgica ou acidente. Este tratamento pode ser interrompido por causa da falta de doadores de sangue. Nos feriados, a procura aumenta, devido aos constantes acidentes em todo país.
A Santa Casa de Buritama não é um ponto de coleta de sangue, no entanto, incentiva a doação para ajudar o Hemonúcleo de Araçatuba a aumentar o estoque. O objetivo é aumentar o fluxo de doações espontâneas e, assim, garantir os estoques nos hospitais. O Estado de São Paulo tem cerca de 100 postos de coleta de sangue, dos quais 40 na capital paulista.
Segundo o provedor do hospital, Sebastião Ângelo Cintra, é preciso que a população faça as doações antes dos feriados, para evitar qualquer problema futuro de desabastecimentos dos hemonúcleos e hemocentros. “A doação é um ato de amor ao próximo e é muito importante fazer parte desta ação, portanto, é preciso conscientizar a população sobre este gesto”, afirma.

A ação é uma oportunidade para doadores como também para aqueles que queiram praticar o ato solidário pela primeira vez

De acordo com a enfermeira Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, o sangue coletado beneficia os moradores da região. “O incentivo é importante, pois a doação pode ajudar na recuperação de muitos pacientes, inclusive de Buritama”, informou.
Para doar sangue é preciso estar em boas condições de saúde, alimentado, ter entre 16 e 67 anos, pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto. É recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ter ingerido bebidas alcoólicas 12 horas antes.
Nascimento disse ainda que se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apto à doação.

SERVIÇO

O Hemocentro de Araçatuba fica na avenida Arthur Ferreira da Costa, 330, no bairro Aviação. Outras informações pelo telefone (18) 2102-9400.