06/05/2013


Santa Casa de Buritama promove encontro com profissionais de saúde

Enfermeiros, técnicos e auxiliares de saúde participaram de encontro na sexta-feira, 26, no auditório da Santa Casa, para discutir projetos e melhorias na área. A meta é aproximar os profissionais para fortalecer o vínculo, sanar dúvidas e promover novas atividades. A reunião encerrou com um café da tarde para os participantes.
A enfermeira e colaboradora, Nancy Ferreira da Silva Cunha, salientou sobre a importância da participação dos profissionais de saúde na administração da entidade. “O engajamento de enfermeiros, técnicos e auxiliares demonstram a preocupação com a entidade, além disso, reforçamos a necessidade dos profissionais em prestigiar os eventos como o projeto de educação continuada” disse.
Para a organizadora do encontro, a enfermeira Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, a iniciativa é para aproximar a equipe de trabalho e garantir a criação de novos projetos para o hospital. “Fazer com que as equipes se aproximem e possam ser mais participativa na gestão da enfermagem, que possamos discutir nossos plantões de forma a organizar melhor a assistência prestada ao paciente”, disse.

Valorizar as ideias e promover uma administração participativa é meta da diretoria da Santa Casa

Nascimento explicou que as reuniões vão acontecer mensalmente, conforme estipulado em cronograma. Foram confirmados também os enfermeiros responsáveis por organizar as palestras inseridas na formação promovida durante o ano, além da semana de enfermagem, dia das mães, entre outras atividades.
“A aproximação cria um vínculo com as equipes, fica notório a preocupação dos enfermeiros que são os líderes dos plantões com o bom andamento das funções e atribuições de cada um, pois a final uma equipe bem treinada e orientada se presa por uma assistência cada vez melhor sem risco para nossos pacientes.
Segundo o provedor do hospital, André Luiz Lourenço Nevack, todos os funcionários são fundamentais para a dinâmica da instituição. “A diretoria compreende que somente pelo contato direto pode ser revolvido os problemas, bem como, a valorização dos funcionários, nesse sentido, os pacientes serão beneficiados e os funcionários poderão desempenhar melhor suas funções diárias”, finaliza.



30/04/2013


Funcionários comemoram aniversário na Santa Casa de Buritama

Os aniversariantes de abril comemoraram na terça-feira, 30, aniversário na Santa Casa de Buritama. O projeto GTH (Grupo de Trabalho de Integração) é desenvolvido desde 2009, com o objetivo de aproximar os profissionais de cada setor, fortalecer o vínculo afetivo e criar novas amizades dentro da entidade.
“A comemoração é muito importante porque oferece momento de descontração, ajuda na integração dos funcionários e valoriza os colegas de trabalho”, explica a nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo.

Festa de aniversário aproxima os colaboradores e fortalece o vínculo afetivo durante as horas de trabalho

O provedor André Luiz Lourenço Nevack comentou que a comemoração proporciona um pouco de descanso aos funcionários durante a festa de aniversário. “É muito bom ser lembrado e homenageado pelos colegas, além do descanso depois de um dia de trabalho”, afirma.
Os participantes saborearam cachorro-quente, com doação dos pães da Padaria Doce Sabor, bolo disponibilizado pela Telma doces e bolos, além de refrigerantes doados pela Santa Casa.

Lista de aniversariantes

07/04 - Lucilaine Cordeiro
19/04 - Maria Lucia de Carvalho





26/04/2013


Santa Casa de Buritama recebe R$ 100 mil de emenda para compra de mesa cirúrgica e Raio-X

Em abril, a Santa Casa de Buritama teve duas emendas parlamentares liberadas. Trata-se de projetos indicados em 2010 e 2011, da antiga diretoria, encaminhado ao deputado federal Julio Semeghini (PSDB), a soma é no valor de R$ 200 mil - as duas emendas já constam na conta da entidade. Os recursos vão melhorar à infraestrutura do hospital e oferecer atendimento qualificado aos pacientes da microrregião de Buritama.
 A primeira refere-se à compra de aparelhos e a segunda destina-se a aquisição de mesa cirúrgica e Raio-X - o dinheiro foi depositado na conta da Santa Casa no dia 28 de março de 2013, em contrapartida, a entidade investirá R$ 20 mil. Segundo o provedor do hospital, André Luiz Lourenço Nevack, a diretoria espera ansiosa para a liberação de novas emendas que vão ajudar na manutenção da entidade.
“Os recursos chegaram na hora certa, já que os hospitais sofrem com a falta de reajuste da Tabela SUS (Sistema Único de Saúde). Com a verba vamos adquirir novos equipamentos e garantir mais segurança e qualidade no atendimento aos pacientes”, ao afirmar que a meta é conseguir novos parceiros para a Santa Casa de Buritama.
A meta é fortalecer o vínculo com deputados para que destinem recursos financeiros ao hospital

Para a atual diretoria, após aquisição dos equipamentos, setores vitais do hospital, vão oferecer mais qualidade nos atendimentos aos pacientes. Por causa do baixo valor da Tabela SUS a entidade precisa desenvolver projetos para adquirir novas emendas parlamentares como forma de manter o bom atendimento à população.
Segundo a responsável pelos convênios, Andréia Cristina de Oliveira Nevack, a meta é buscar novos recursos financeiros para melhorar a infraestrutura e a qualidade do atendimento. Informou ainda que para enfrentar as dificuldades é necessário buscar novas alternativas como elaboração de projetos ao governo estadual e federal.
“É preciso desenvolver bons planos de trabalho para chamar a atenção dos deputados estaduais e federais, no entanto, também procuramos trabalhar para sanar problemas antigos, os quais devem garantir mais recursos ao hospital, como no caso dos convênios com o deputado Julio Semeghini”, finaliza.

25/04/2013


Santa Casa de Buritama investe na melhoria do atendimento de convênios e particular

A Santa Casa de Buritama prioriza o atendimento humanizado com qualidade para os pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), convênios e aos clientes do serviço particular. Os moradores da microrregião podem contar com uma equipe multiprofissional capacitada para garantir excelência nas consultas, exames e na internação.
No caso dos serviços particulares, os interessados podem realizar exame de ultrassom, Raio-X, eletrocardiograma, teste ergométrico, mapa, holter, endoscopia, todos a preço acessível ao cliente. Inclui também serviços de fototerapia, laboratório, inalação, fisioterapia, nutrição e hotelaria. A Santa Casa também oferece internação cirúrgica e observação de 6h e 12h.
Segundo a coordenadora do setor de convênios e particular, Mariulda Martins do Prado, o hospital procura oferecer mais opções de atendimento entre eles, pequenas cirurgias, inalação simples e com oxigênio, gesso e suturas, além do atendimento médico nas especialidades de ortopedia e traumatologia, neurologia, cardiologia, nutricionista, dermatologia, otorrinolaringologista, acupuntura, anestesista, obstetrícia e em breve psiquiatria. “O próximo passo que a atual diretoria está trabalhando é na recuperação das acomodações da ala de convênios e particular”, explica.

Serviço de convênio e particular oferece especialidades para a microrregião de Buritama

A enfermeira Nancy Ferreira da Silva Cunha salientou que o hospital procura oferecer um ambiente acolhedor e seguro. Ela explicou que a meta é melhorar a estrutura física e trabalhar com uma equipe multidisciplinar eficiente para garantir principalmente a segurança, em especial, às situações de risco.
“Nossa meta é valorizar todos os pacientes que buscam atendimento, independente do convênio, no entanto, o hospital tem procurado oferecer opções de serviços particulares àqueles interessados que podem custear seus atendimentos médicos especializados, e que não querem esperar a fila do SUS e também evitar deslocamentos para outras cidades”, disse Cunha.
O provedor do hospital, André Luiz Lourenço Nevack disse que “a meta da diretoria é ampliar as especialidades, procedimentos e novos convênios”, ao afirmar que trabalho e dedicação não devem faltar aos integrantes da diretoria.
De acordo com Prado, os interessados em solicitar os serviços de convênio e particular devem se deslocar a antiga entra principal da Santa Casa ou ligar no telefone (18) 3691-2409, das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira. A entidade atualmente é conveniada com a funerária São Carlos.

                                                    

19/04/2013


Santa Casa de Buritama realiza projeto para incentivar parto normal

Incentivar a humanização do parto normal, orientar todo o processo de gestação e diminuir as taxas de cesariana são metas do projeto “Apresentando o Desconhecido”, desenvolvido pela Santa Casa de Buritama. Ele é voltado para as gestantes da microrregião do município e realizado durante o ano dentro do hospital. O objetivo é levar informação as futuras mães sobre todas as etapas da internação como centro obstétrico até o nascimento do bebê.
O encontro é agendamento pela equipe de enfermagem dos municípios e conduzido pelos enfermeiros Edilson Carlos de Paiva e Patrícia Antônia Pereira do Nascimento. No hospital as gestantes têm a oportunidade de conhecer a recepção, o quarto de pré-natal, a sala de parto e pós-parto. Participaram do encontro a enfermeira Viviana da Silva Prestes (Brejo Alegre) e a nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo.
A enfermeira responsável pelo projeto, Patrícia Antonia Pereira do Nascimento, explica que a apresentação do hospital pretende estreitar a relação das gestantes com os serviços hospitalares e deixá-las mais tranquilas quanto ao atendimento prestado. “O grande desafio é diminuir as taxas de cesariana e incentivar o parto normal”, disse.

As gestantes recebem informações sobre todo o processo de parto até o nascimento do bebê

O enfermeiro Paiva ressaltou que “nada melhor do que incentivar a mulher a ter parto normal, sendo que é fundamental encorajar e estimular esta prática”, ao afirmar que ao levar as gestantes ao parto normal, o processo de recuperação é rápido para a mãe e o bebê.
Para a coordenadora do programa para a maternidade do CRAS de Brejo Alegre (Centro de Referência de Assistência Social), Roseli Quirino Nogueira Pechy, a visita das gestantes amplia as informações disponibilizadas através de palestras. “Com a visita, as mães podem tirar dúvidas e se preparar para a chegada do bebê”, argumenta.
De acordo com o provedor André Luiz Lourenço Nevack, aproximar as gestantes do hospital humaniza o atendimento. “É importante abrirmos as portas da entidade e oferecer tranquilidade e segurança para as mães durante o nascimento do seu filho”, finaliza.
Para participar e conhecer o projeto é preciso agendar a visita na Santa Casa de Buritama, localizado na rua Guilherme Guerbas, 353, bairro Centro, para realizar a visita gratuita. Mais informações pelo telefone (18) 3691-9535.


















17/04/2013


Deputado federal Julio Semeghini destina emenda de R$ 100 mil para Santa Casa

A Santa Casa de Buritama recebeu emenda do deputado federal Julio Semeghini (PSDB) de R$ 100 mil para a compra de equipamentos para a Santa Casa. A diretoria informou que a compra dos aparelhos deve acontecer em breve para beneficiar a microrregião de Buritama. O convênio foi assinado no dia 13 de dezembro de 2011.
O dinheiro destinado pelo Ministério da Saúde é para a compra de aparelho para fototerapia, berço aquecido, detector fetal, mesa cirúrgica elétrica, monitor multiparametros, oftalmoscópio, oxímetro de pulso, radiômetro e ventilador pulmonar.
Os aparelhos serão distribuídos pelo hospital e vão contribuir para a melhora da assistência prestada aos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). O aparelho de fototerapia - utilizado para o tratamento da icterícia dos recém-nascidos, detector fetal para ausculta do BCF (Batimento cardio-fetal das gestantes na sala de pré-parto), oftalmoscópio - aparelho para realização do teste do reflexo vermelho para visualizar o fundo dos olhos -, além do oxímetro de pulso e ventilador pulmonar destinado para a sala de emergência e centro cirúrgico.
Os novos aparelhos vão melhorar o atendimento prestado para a região

“Todos os pacientes que vierem em nossa instituição para atendimento terão disponíveis esses equipamentos para serem utilizados de acordo com suas necessidades”, disse a enfermeira Patrícia Antônia Pereira do Nascimento, ao afirmar que os novos aparelhos oferecerão mais segurança no atendimento. “Um dos equipamentos, o ventilador pulmonar, que a entidade não dispõe, contribuirá com a qualidade do atendimento, finaliza.
Segundo a enfermeira Nancy Ferreira da Silva Cunha, é preciso que as autoridades se unam em favor do hospital para se manter como referência na saúde pública. “É uma questão de necessidade toda a sociedade de Buritama e região ajudar a nossa Santa Casa, pois é a nossa única referência. Ela precisa ser lembrada, valorizada, e neste momento, é necessário que existam mais pessoas que possam se unir a nossa causa”, afirmou.
Para o provedor André Luiz Lourenço Nevack, a aquisição dos aparelhos melhora o atendimento aos pacientes. “Nossa entidade busca oferecer o que tem de melhor na saúde e a compra dos equipamentos possibilitará maior qualidade e segurança nos atendimentos. Nossa meta é manter o apoio das prefeituras e também buscar os deputados comprometidos com a saúde da população como no caso do deputado Júlio Semeghini”, encerra.

10/04/2013


Santa Casa de Buritama realizou campanha de arrecadação de alimentos

A campanha de alimentos realizada no domingo, 7, conseguiu arrecadar R$ 2.612,98 em produtos como arroz, feijão, carne, leite, farinha de trigo, açúcar, óleo, bolacha de água e sal, gelatina, macarrão, extrato de tomate e café. Depois de conferidos, as doações são destinadas a despensa, preparadas pelas cozinheiras e novamente são revertidos à população que depende do atendimento hospitalar da Santa casa de Buritama.
Segundo dados da nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo, na campanha realizada em fevereiro, o valor arrecadado em produtos foi de aproximadamente R$ 2,5 mil. Na 22ª edição o valor aumentou o que ajuda a entidade a economizar na compra de alimentos. A próxima arrecadação acontece no dia 9 de junho, das 7h30 às 12h, em Buritama.
O projeto organizado pela entidade conseguiu ampliar as refeições, de quatro para seis ao dia. Figueiredo disse que é oferecido café da manhã, lanche da manhã, almoço, café da tarde, jantar e ceia noturna.
As doações da população ajuda a manter as seis refeições diárias para pacientes e acompanhantes


Ela explicou que aliada a todos os cuidados e tratamentos de um hospital, a alimentação é fator fundamental para a recuperação, para a preservação da saúde dos pacientes e seus dos acompanhantes. “Além disso, a colaboração da população de Buritama e região ajuda a reduzir custos e melhora a qualidade e variedade dos cardápios”, afirma.
            Segundo o provedor André Luiz Lourenço Nevack, a campanha ajuda as pessoas internadas na Santa Casa. “Agradecemos a todos que colaboraram e doaram a nossa entidade, contudo, esta campanha não aconteceria sem a participação e dedicação dos voluntários, além dos empresários que permitem a presença dos voluntários em seus estabelecimentos”, finaliza.
Para os interessados em participar da coleta basta entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h, com a nutricionista Delma Dilmara dos Santos pelo telefone 3691-1374 e se cadastrar ao grupo de voluntários da campanha dos alimentos.






05/04/2013


Santa Casa de Buritama alerta para o Dia Mundial de Combate ao Câncer

Pelo calendário a sempre uma data para se comemorar, mas o dia 8 de abril a melhor palavra é alerta. O Dia Mundial de Combate ao Câncer celebrado na segunda-feira reforça o cenário mundial de saúde que atingiu proporções gigantescas. A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas da importância da prevenção contra a doença.
Segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) é previsto para o ano de 2030 que o mundo irá receber 27 milhões de novos casos de câncer, 17 milhões de mortes pela doença e 75 milhões de pessoas vivas com a doença.
O principal objetivo da ação é alertar a população para a prevenção, de nove em cada 10 casos da doença, se descobertos em estágio inicial têm chance de cura. Para que o tumor seja diagnosticado no início é preciso estar atento aos principais fatores de risco e realizar os exames preventivos.

A data foi criada pela OMS para ajudar na prevenção e dar força aos pacientes que lutam contra o câncer

Segundo a enfermeira Nancy Ferreira da Silva Cunha, a data representa para a sociedade um lembrete sobre a importância de cuidar da saúde. “Um dia em que as autoridades de saúde pública tentam conscientizar a população para a importância das medidas de prevenção como melhor tratamento contra o câncer”, disse.
Para Luiz Antonio Santini, diretor-geral do INCA (Instituto Nacional do Câncer), “com o crescimento e o envelhecimento da população no Brasil, é esperado que o número de casos de câncer aumente no país. Mas isso não significa que todas as pessoas quando envelhecerem vão ter câncer. Entre 30% a 40% dos casos da doença podem ser evitados com hábitos saudáveis como não fumar, ter uma alimentação saudável, praticar atividades físicas, controlar o peso e o consumo de álcool e usar protetor solar”, explica - depoimento retirado do site www1.inca.gov.br.
Para que este dia seja lembrado, esteja sempre atento aos sinais do seu corpo, busque informações através do médico e seja mais um parceiro na luta contra o câncer.











03/04/2013


Santa Casa de Buritama promove campanha de arrecadação de alimentos

A Santa Casa promove neste domingo, (7), em parceria com voluntários, a 22ª campanha de arrecadação de alimentos nos supermercados de Buritama. Todos os produtos doados serão contabilizados e preparados para os pacientes e acompanhantes.
Segundo levantamento da nutricionista, Delma Dilmara dos Santos Figueiredo, na última campanha realizada em fevereiro, o valor arrecadado em produtos foi de aproximadamente R$ 2,5 mil em alimentos para as seis refeições produzidas por dia.
Conforme Santos, a campanha completa em julho quatro anos e acontece para ajudar a entidade. Antes os pacientes recebiam quatro refeições e com a coleta são oferecido café da manhã, lanche da manhã, almoço, café da tarde, jantar e ceia noturna.

Coleta de alimentos melhora a qualidade das refeições  e ajuda a reduzir custos a entidade

Ela salientou que a entidade precisa de mais pessoas para participar na coleta. “Faltam voluntários para ajudar na campanha”, ao afirmar que a coleta acontece a cada dois meses. “Sem os voluntários não seria possível realizar este trabalho, o qual ajuda a reduzir custo e ainda melhora a qualidade das refeições dos pacientes”, declara.
De acordo com o provedor André Luiz Lourenço Nevack, a doação de alimentos auxilia na manutenção da Santa Casa. “Todos os alimentos doados são destinados para os pacientes e acompanhantes e nos sentimos honrados pela colaboração das pessoas, as quais compreendem as dificuldades da entidade”, disse.
Para os interessados em participar da coleta basta entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h, com a nutricionista Delma Dilmara dos Santos Figueiredo pelo telefone (18) 3691-1374 e se cadastrar ao grupo de voluntários. A próxima campanha de arrecadação acontece no dia 9 de junho.

27/03/2013


Santa Casa de Buritama na luta contra a dengue

Todo o ano a dengue atinge muitas pessoas no estado de São Paulo e a ajuda da população pode evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Por isso, o trabalho de fiscalização em casa deve ser diário, sem as medidas de segurança, as cidades correm o risco de ter que enfrentar uma epidemia da doença.
Para preservar a sua saúde e da sua família, elimine da sua casa ou do seu trabalho a água acumulada em calhas, ralos, pratos de vasos de plantas ou pneus e mantenha a caixa de água bem fechada. Essas atitudes podem impedir a proliferação do mosquito da dengue.
De acordo com o enfermeiro Edilson Carlos de Paiva, a população precisa manter os quintais e ambiente livre dos criadouros do mosquito da dengue. “Qualquer recipiente que possa acumular água é um criadouro, até mesmo uma casca de ovo, uma tampinha de garrafa ou a caixa d’água da nossa casa”, disse.

A dengue é uma doença grave e pode matar; eliminar os criadouros é a melhor alternativa para evitar a proliferação do Aedes aegypti

Segundo ele, os sintomas da dengue são febre, dor de cabeça - mais forte no fundo dos olhos, dor no corpo e manchas vermelhas. “Em caso de suspeita é preciso procurar assistência médica o mais rápido possível”, declara.
A conscientização é a melhor alternativa para evitar o surgimento da doença e a proliferação do mosquito na cidade. “É uma guerra de todos. Precisamos compreender que a dengue é muito perigosa. Somente com o esforço em conjunto será possível vencer este desafio”, comenta.
Para Paiva, a dengue pode matar senão houver cuidados imediatos no paciente. “Ainda não existe remédio contra a dengue. Somente tratamento paliativo. O que vai combater os sinais e sintomas, como por exemplo, febre, dor de cabeça, mas é importante que as pessoas não tomem medicamento sem o conhecimento médico”, finaliza.




                                                                                                                                         

22/03/2013


Santa Casa de Buritama realiza palestra para funcionários da entidade e das UBS das secretarias municipais de saúde

Profissionais da saúde participaram na terça-feira, 19, da palestra sobre “Notificações compulsórias” realizada pela enfermeira e responsável pela vigilância epidemiológica, Mirlene Cristina de Freitas Garcia. O encontro aconteceu no anfiteatro da Santa Casa de Buritama e contou com a presença da médica Renata Chimoti Onishi, referência no município para doenças de notificação compulsória.
O projeto de Educação Continuada oferece mensalmente curso de capacitação na área para funcionários da entidade desde 2010. O evento é gratuito e busca a valorização dos funcionários da área por meio de discussão de temas para a melhoria dos serviços prestados à população.
A notificação é a comunicação de ocorrência de determinada doença ou agravo a saúde, feita a autoridade sanitária por profissionais de saúde ou qualquer cidadão para fins de adoção de medidas de intervenção. “A notificação pode ser feita por qualquer indivíduo, ainda que seja uma obrigação médica e que mais frequentemente seja feita por profissional de saúde não médico”, explica Garcia.

A troca de experiência entre profissionais ajuda a melhorar o atendimento de pacientes da microrregião de Buritama

Segundo a enfermeira, toda a informação é investigada para a intervenção dos profissionais da vigilância epidemiológica. “Todas as ações preventivas e de controle são norteadas pelas notificações. O conhecimento do perfil de morbidade e as estatísticas de saúde tornam-se confiáveis à medida que o sistema de vigilância epidemiológica passa a ser conhecido e prestigiado por todo segmento de saúde, seja público ou privado”, comenta.
Segundo a Enfermeira Nancy Ferreira da Silva Cunha, o profissional de saúde ao participar deste projeto adquire informações para casos que podem ocorrer no hospital de Buritama, além de ampliar conhecimentos. “A capacitação mensal é uma forma de esclarecer sobre mudanças no cenário nacional da saúde e de manter o funcionário atualizado, já que é preciso unir as informações da profissão para melhorar no atendimento”, explica.
O projeto educacional conta com a organização da Semana de Enfermagem promovida em maio em comemoração ao Dia do Enfermeiro. Mais informações, o interessado deve entrar em contato pelo telefone (18) 3691-9535 ou na Santa Casa, na rua Guilherme Guerbas, 353, centro.



20/03/2013


Comissão da Festa do Milho recebe moção de aplausos na Câmara Municipal 

A comissão da 7ª Festa do Milho da Santa Casa de Buritama recebeu na segunda-feira, 18, na Câmara Municipal, moção de aplausos dos vereadores Antonio Carlos de Freitas (PSD) e Ronaldo Ramos Fernandes (PSD) pela organização e sucesso do evento. A edição aconteceu de 8 a 11 de fevereiro na praça matriz. A arrecadação de R$ 75.814,41 será investida na manutenção do hospital.
Por noite, aproximadamente duas mil pessoas saborearam as comidas típicas como pamonha, curau, escondidinho, quenga, bolinho frito, bolo, além dos produtos tradicionais como pastel, coxinha, porção de frango e churrasco. Para a produção dos pratos foram adquiridos 10 mil espigas de milho.
Para o provedor André Luiz Lourenço Nevack, a entrega da moção de aplausos é uma amostra do sucesso do evento. Ele disse também que aumentam as responsabilidades para alcançar, no mínimo, o resultado de 2013, e alertou que precisará da ajuda dos funcionários da Santa Casa e prefeitura, além do apoio da população.

Moção de aplausos reforma o compromisso para manter a qualidade da festa em 2014

“A comissão organizadora agradece o reconhecimento dos vereadores com a entrega da moção de aplausos, porém, sem a colaboração dos doadores, voluntários, funcionários da Santa Casa e prefeitura, além do público, não conseguiríamos atingir nosso objetivo”, ao afirmar que a participação de todos os envolvidos foi determinante para o resultado da Festa do Milho.
Segundo Nevack, a participação da população na entidade é fundamental para unir toda a cidade pela qualidade da saúde. “Somente com a participação de todos poderemos sanar os problemas e oferecer mais qualidade nos atendimentos do hospital. Nossa meta é uma administração participativa, como aconteceu com a Festa do Milho, sem a colaboração não atingiríamos o valor arrecadado. É importante citar também o apoio de todos os vereadores que se propuseram a ajudar e contribuir com a Santa Casa”, finaliza.



15/03/2013


Projeto Sorria e igreja Batista Renovada reformam quarto na Santa Casa

O projeto Sorria e faça alguém sorrir, em parceria com a igreja Batista Renovada, reformaram quarto de pré-parto da Santa Casa de Buritama. O local recebe mulheres grávidas antes de entrarem no centro-cirúrgico. A inauguração aconteceu na sexta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher.
Contou com a participação de integrantes da diretoria (Vilson Barbosa de Almeida, Adalberto José dos Santos e o provedor André Luiz Lourenço Nevack), Diretora Municipal de Saúde Chislani Cunha, assessora em saúde Nancy Ferreira da Silva Cunha, vereador Osvaldo Benedito dos Santos e integrantes do projeto e da igreja.
Foram investidos R$ 2 mil em melhorias como a retirada de rachaduras, pintura em paredes, portas e janelas, assessórios de banheiro, bate-maca, troca de ventilador, decoração e instalação de condicionador de ar. Durante 14 dias, pedreiros, serventes e pintores trabalharam no quarto.
A iniciativa foi do projeto Sorria que nos meses de outubro a dezembro, os integrantes e colaboradores venderam rifa para financiar a reforma. A igreja Batista investiu na pintura e disponibilizou profissionais da construção.

Foram 14 dias de reforma para garantir mais conforto as futuras mães

Com o investimento, as futuras mães terão mais conforto para receber os primeiros procedimentos médicos. De acordo com o coordenador do Sorria, Silvio Cesar dos Santos, a reforma mostra a importância da parceria para as famílias sem condições de pagar convênios em hospitais particulares.
“Nosso objetivo foi promover a vida e garantir o acesso à saúde de qualidade. Sem a colaboração da população e o desejo de mudança dos integrantes não seria possível realizar este trabalho. O que nos deixa feliz é saber que podemos contar com adolescentes e jovens conscientes e preocupados com o próximo”, disse Santos.
De acordo com o líder dos jovens da igreja Batista Renovada, Igor Vieira, “o trabalho do projeto Sorria é notório na cidade. Sempre acreditamos que os jovens podem causar um impacto na sociedade. A igreja Batista Renovada tem essa mesma visão, e está parceria foi como juntar o olho esquerdo com o direito, e assim certamente conseguiremos enxergar de uma maneira mais ampla a causa social de Buritama”, afirmou. A igreja entrega mensalmente cesta básica para famílias em vulnerabilidade social e ovos de chocolates para crianças carentes na Páscoa.

Investimentos mostram a preocupação de adolescentes e jovens com o hospital de Buritama

Segundo o provedor André Luiz Lourenço Nevack, o trabalho desenvolvido foi importante para oferecer mais dignidade à mulher. “É muito gratificante para nós que estamos assumindo a Santa Casa, saber que tem jovens preocupados em ajudar as pessoas. Se dedicar como vocês [projeto Sorria] se dedicam a pessoas desconhecidas, sem dúvida, esta ação deixa a diretoria emocionada e agradecida”, finaliza.
Para o pastor Manoel Messias Pereira, realizar a reforma é uma maneira de ajudar a Santa Casa de Buritama. “O que traduz a conquista e a vitória para a nossa cidade, porque o hospital é nosso. Nós que usufruímos temos que cuidar dele, já que o hospital é tão útil para a nossa saúde”, encerrou.

12/03/2013


Funcionárias da Santa Casa são homenageadas no dia da Mulher

O Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8, foi celebrado pelas funcionárias na Santa Casa de Buritama. A data valoriza a luta das mulheres pelos seus direitos de melhores condições de trabalho, diminuição da carga horária, salários iguais aos dos homens e o direito a vida.
As funcionárias do hospital saborearam doces, salgados e refrigerantes. A confraternização foi organizada pela enfermeira Érika Aparecida de Almeida e teve o apoio de Rosa Tereza Guerbas - integrante da diretoria - com o objetivo de valorizar a luta pela igualdade entre homens e mulheres. A data marca a tragédia ocorrida na cidade de Nova Iorque, quando operárias de uma fábrica têxtil foram queimadas vivas.
“A comemoração é uma forma de unir as funcionárias no hospital e uma oportunidade de discussão para as mulheres terem uma participação na vida social, política, econômica e cultural do país, ao lado dos homens, tendo o respeito dos homens”, afirma Almeida.

Um país que respeita suas mulheres constrói uma nação desenvolvida. Por isso é uma tarefa de homens e mulheres a luta contra a discriminação da mulher

A assistente administrativa, Marilda Martins do Prado, de forma poética sintetizou o valor feminino. “A mulher é um ser abençoado. É a riqueza da terra. É a mãe de um mundo. Quando nasce é a princesinha toda linda, quando cresce é o cuidado do pai, quando se torna mãe é divina, quando avó - a experiência eterna, quando morre - jamais é esquecida”, finaliza.
De acordo com a secretária Fernanda Rosante da Silva, a data tornou-se uma forma de valorizar a mulher. “Vemos que aqueles que acreditam que lugar de mulher é no fogão estão enganados, somos seres fortes o bastante para encararmos os desafios propostos. É importante que se lembre o quanto batalhado foi para chegar até aqui, o quão importante é essa história de superação e preconceito”, explica.
Segundo o provedor André Luiz Lourenço Nevack, a mulher não desiste de lutar pelo seu crescimento pessoal e profissional. “O dia 8 de março não é apenas marcado como uma data comemorativa, mas um dia para se firmarem discussões que visem à diminuição do preconceito, onde são discutidos assuntos que tratam da importância do papel da mulher na sociedade para uma vida mais justa em todo o mundo”, finaliza.

08/03/2013


Santa Casa de Buritama promove treinamento para colaboradores

A Santa Casa de Misericórdia São Francisco de Buritama realizou na quarta-feira (6) e quinta-feira (7) treinamento operacional do sistema MV sobre atendimento. Participaram nove funcionários do pronto-socorro e do consórcio da prefeitura de Buritama. O treinamento aconteceu na sala de reuniões do hospital.
Entre os participantes, estão às recepcionistas, técnicos e auxiliares de enfermagem. O curso visa preparar os funcionários para o registro correto das informações de atendimento do sistema de gestão hospitalar e exibir indicadores com resultados precisos.

Cursos visam qualificar e difundir conhecimento; a meta é melhorar e aperfeiçoar o atendimento aos pacientes

“Trará aos funcionários os benefícios que a tecnologia proporciona na agilidade das funções desenvolvidas, encontro das informações e indicadores fundamentais para a realização dos trabalhos integrados aos setores”, explica Alberto Prates de Oliveira, da tecnologia da informação.
De acordo com Oliveira, o treinamento foi elaborado a partir das necessidades e atualização profissional com foco na qualidade do trabalho. Os funcionários receberam apostila com todas as informações para o atendimento qualificado e humanizado.

CAPACITAÇÃO
Além de aperfeiçoamento profissional, a entidade realiza o projeto de Educação Continuada. A ação oferece mensalmente curso de capacitação na área da saúde para funcionários da entidade desde 2010.
O evento é gratuito e busca a valorização dos funcionários da área por meio de discussão de temas para a melhoria dos serviços prestados à população. As palestras buscam oferecer informação e atualizar os profissionais.
.
 




06/03/2013


Doar leite materno é multiplicar a vida de bebês

Com o objetivo de sensibilizar as mães da microrregião, a Santa Casa de Buritama incentiva a doação de leite humano.  Toda mulher que amamenta pode doar leite materno para que os bancos de leite consigam atender a demanda de recém-nascidos prematuros e de baixo peso que são internados.
Para as mães interessadas em fazer parte da rede de solidariedade, o banco de leite materno de Araçatuba localizado no Hospital Municipal da Mulher busca lactantes para contribuir e manter o estoque em alta.
É importante doar leite materno, pois ele salva vidas, principalmente de bebês prematuros, internados em UTI (Unidade de Terapia Intensiva), com baixo peso e com patologias específicas que só permitem consumo de leite materno”, ao afirmar que estudos mostram avanços no quadro clínico do bebê ao receber o leite humano. Explica em nota a Secretaria Municipal de Araçatuba.
Para a assessora em saúde, Nancy Ferreira da Silva Cunha, sem a doação de leite não seria possível salvar vidas. Segundo ela, muitas crianças sobrevivem graças a este ato de solidariedade de mães brasileiras. “É importante sensibilizar cada vez mais pessoas e buscando mais mães para se envolverem nessa corrente”, diz.
É somar saúde com solidariedade. É dividir o alimento mais completo que existe. É diminuir a mortalidade infantil

Após a doação, o leite é pasteurizado. Durante o processo, a perca de nutrientes é baixo. O leite materno é rico em nutrientes e células de defesa, do que as fórmulas industrializadas. “Como o próprio nome diz, o leite materno é específico para o ser humano. Ele só traz benefícios para o bebê e para a mamãe”, concluiu a nota.
A doação não causa reação indesejada a doadora, apenas sensações de prazer, satisfação e bem-estar. O ato de amor salva vidas de recém-nascidos indefesos. Quanto maior o estímulo, maior será a produção de leite, beneficiando a mãe, filho e receptor.
As mães que queiram doar leite devem estar em boas condições de saúde, não utilizar medicamentos que contra indiquem a amamentação. Não fumar, não consumir bebidas alcoólicas e drogas ilícitas.
As mulheres interessadas em doar leite humano devem ligar para o telefone (18) 3691-1170 e dizer que querem ser doadoras. Após o primeiro contato, uma equipe do banco de leite agendará uma entrevista na residência da mãe. O Hospital da Mulher fica na rua Sacadura Cabral, 471, bairro Aviação.

01/03/2013


Deputado estadual Carlão Pignatari visita Santa Casa de Buritama

Para combater a crise financeira, a Santa Casa de Buritama reivindicou ao deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) apoio para buscar recursos financeiros ao governo do Estado de São Paulo. A falta de reajuste da tabela de procedimentos do SUS (Sistema Único de Saúde) leva os hospitais a entrarem em colapso. A reunião aconteceu na quinta-feira, 28, no anfiteatro do hospital.
Em busca de sanar definitivamente as dívidas da Santa Casa, a diretoria elaborou projeto e entregou ao deputado Pignatari. A meta é a liberação de 3,6 milhões para o pagamento de toda a dívida da instituição, e paralelamente, a atual diretoria elaborou um projeto de equilíbrio financeiro para completar a recuperação da entidade. A intenção é reduzir 15% da folha de pagamento com a parceria das prefeituras municipais.
“Com essa ajuda financeira, o governo estadual terá recuperado definitivamente o hospital que figura entre as entidades de maior valor para a saúde pública do Brasil”, comenta o provedor André Luiz Lourenço Nevack.
De acordo com o deputado - um dos líderes do movimento - intitulado “Frente Nacional por mais recursos para saúde do Estado de São Paulo”, se nada for feito para combater a crise financeira, muitos hospitais podem fechar ou reduzir o atendimento de pacientes do SUS.
Para Nancy Ferreira da Silva Cunha, assessora em saúde, a cada R$ 100 gastos na assistência pública, apenas R$ 65 são destinados pelos governos federal, estadual e municipal. São atendidos na santa casa de Buritama cerca de 3 mil pacientes por mês, entre consultas e internações, dos atendimentos feitos, 94% são do SUS.
Sobre o departamento de oftalmologia - referência nacional -, Nancy disse que o local atende 40 municípios da DRS-II (Diretoria Regional de Saúde). Em média 1,2 mil consultas por mês e os principais serviços são as cirurgias de catarata, pterígio, plástica oftalmológica, calázio, e o tratamento clínico como consultas, exames e procedimentos que tratam da Retinopatia Diabética, glaucoma e outras patologias.

Sem reajuste, instituições temem em fechar as portas; hospital busca parcerias para combater a crise financeira

“Elaboramos projeto de recuperação financeira da entidade e conseguimos aprovação do Conselho Municipal de Saúde de Buritama para o nosso pedido de R$ 3,6 milhões. Agora solicitamos a ajuda e apoio do deputado Pignatari para reivindicar a liberação de recursos do governo estadual para a sustentabilidade do hospital”, explica Nancy.
Para o provedor André Luiz Lourenço Nevack, é preciso que o governo tome uma posição sobre repasses de recursos. Conforme ele, quando mais se atende, maior fica a dívida. “Não deixaremos de atender o paciente, porém sem dinheiro é impossível de manter o atendimento, o que prejudicará toda população. Agradecemos também o apoio e confiança dos prefeitos de Buritama, Lourdes, Zacarias, Turiúba, Brejo Alegre e Planalto que acolheram nosso trabalho e juntos buscamos resolver os problemas da Santa Casa”, finaliza.
Participaram do encontro os vereadores Antônio Carlos de Freitas (PSD), Antônio Romildo dos Santos (PTB), Lize Roldão Perpétuo (PSB), Osvaldo Benedito dos Santos (PSD), Roseli Aparecida Nobre Dias (PPS) e Rubens Aparecido Bosso (PTB), prefeitos da região como André Luiz Severino da Silva (PP/Planalto), Arnaldo Aparecido Dionízio (PSDB/Zacarias), Izair dos Santos Teixeira (PPS/Buritama) e Odécio Rodrigues da Silva (PSDB/Lourdes), além de diretoria e moradores de Buritama.

28/02/2013


Santa Casa de Buritama arrecada R$ 75.814,41 na 7ª Festa do Milho

A Santa Casa de Buritama arrecadou R$ 75.814,41 mil na 7ª edição da Festa do Milho realizado de 8 a 11 de fevereiro. Em 2012, o resultado foi de R$ 41.299,86 - em comparação com o evento do ano passado, o valor de 2013, superou em R$ 34.514,55 - o resultado positivo mostrou a confiança da população na diretoria que teve menos de dois meses para organizar a festa.
De acordo com o provedor da entidade, André Luiz Lourenço Nevack, o dinheiro será investido em manutenção e custeio do hospital. “Agradecemos toda população, doadores, funcionários da prefeitura e Santa Casa que nos ajudaram na organização da festa. O resultado surpreendeu todos da diretoria que buscam trabalhar intensamente para manter a entidade no rumo certo”, disse.

Dinheiro arrecadado superou as expectativas da diretoria; recursos devem ser investidos em melhorias no hospital

Durante as quatro noites foram consumidos 10 mil espigas de milho para a produção de pamonha, curau, escondidinho, quenga, bolinho frito, bolo, além dos produtos tradicionais como pastel, coxinha, porção de frango e churrasco. Participaram do evento cerca de duas mil pessoas por noite que contribuíram com a entidade.
A escolha do período de carnaval para a realização da festa é proposital, pois é nessa época do ano que Buritama costuma receber um grande número de visitantes. Gente da região de Araçatuba, São José do Rio Preto, Votuporanga e até da capital paulista. A cidade tem potencial turístico e no carnaval costuma ficar cheia de turistas - o que ajudou nas vendas durante a Festa do Milho.
O provedor espera ter a mesma confiança e apoio no próximo ano. “Esperamos ter o apoio de todos os voluntários, colaboradores e do público. Sem estas pessoas não seria possível promover este tradicional evento na cidade”, afirma.